Monthly Archives: Junho 2012

Siga-nos no Facebook

APRESENTAÇÃO

ATA – Associação Tropical Agrária é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, que se define como organização não governamental de cooperação para o desenvolvimento, nos termos da Lei n.º 66/98 de 14 de Outubro, cuja escritura de constituição foi celebrada no dia 25 de Novembro de 2003.

MISSÃO

Contribuir para o desenvolvimento integrado e sustentado dos países em vias de desenvolvimento através de programas e projectos que promovam o aumento da qualidade de vida das suas zonas rurais.

OBJECTIVOS

  • Conceber, executar e apoiar programas e projectos de cooperação para o desenvolvimento, nas áreas da educação, assistência científica e técnica, saúde, formação profissional, desenvolvimento rural e segurança alimentar;
  • Sensibilizar a opinião pública para a necessidade de um relacionamento mais empenhado com os países em vias de desenvolvimento, divulgando as suas realidades e promovendo a cooperação para o seu desenvolvimento;
  • Promover a educação e a sua componente de formação profissional como instrumentos indispensáveis ao desenvolvimento do meio rural nos países que constituem o seu âmbito de acção;
  • Apoiar a valorização de grupos sociais sensíveis, como as crianças de rua, idosos e desocupados e, em especial, à valorização do papel da mulher no meio rural. 

ACÇÕES A DESENVOLVER

No seu âmbito de actuação e tendo em vista a concretização dos seus objectivos a ATA propõe-se a desenvolver as seguintes acções:

  • Organização de um Centro de Documentação;
  • Realização de estudos descritivos e prospectivos sobre o meio rural dos países em vias de desenvolvimento;
  • Acções de divulgação, informação, ensino, formação profissional e experimentação de técnicas no âmbito da produção agrária, saúde e da formação pedagógica;
  • Promoção e organização de programas de instalação de recursos humanos e tecnológicos para o apoio ao desenvolvimento do meio rural dos países em vias de desenvolvimento;
  • Promoção e organização de programas de desenvolvimento rural;
  • Promoção e organização de programas de apoio à segurança alimentar;
  • Promoção e organização de acções de divulgação das realidades actuais do meio rural dos países em vias de desenvolvimento e de sensibilização para as necessidades de cooperação para o seu desenvolvimento;
  • Apoio logístico local ao envio de produtos e equipamentos destinados ao desenvolvimento do meio rural nos países em vias de desenvolvimento.

ASSOCIADOS

A ATA possui actualmente cerca de 40 associados, cuja formação académica e experiência profissional são o principal suporte da qualidade, consistência, eficácia e adequabilidade das acções e projectos promovidos pela Associação ou em que esta seja convidada a participar.

A constituição da ATA teve, desde o início, o objectivo de congregar profissionais provenientes de diversas áreas do conhecimento de forma a garantir uma metodologia de abordagem abrangente suportada por equipas de trabalho multidisciplinares.

Estatutos da ATA

EXPERIÊNCIA

A Associação Tropical Agrária encontra-se vocacionada para as seguintes áreas de intervenção:

  • Estudos e planos de desenvolvimento regional e rural;
  • Realização de estudos descritivos e prospectivos sobre o meio rural dos países em vias de desenvolvimento;
  • Promoção e organização de programas de apoio à segurança alimentar;
  • Promoção e organização de programas de desenvolvimento rural;
  • Monitorização e dinamização do espaço rural
  • Concepção e dimensionamento de fileiras de valorização dos produtos agro-rurais;
  • Criação e apropriação de valor pelas populações das zonas rurais;
  • Acções de divulgação, informação, ensino, formação profissional e experimentação de técnicas no âmbito da produção agrária, saúde e da formação pedagógica;
  • Promoção e organização de programas de instalação de recursos humanos e tecnológicos para o apoio ao desenvolvimento do meio rural dos países em vias de desenvolvimento;
  • Promoção e organização de acções de divulgação das realidades actuais do meio rural dos países em vias de desenvolvimento e de sensibilização para as necessidades de cooperação para o seu desenvolvimento;
  • Apoio logístico local ao envio de produtos e equipamentos destinados ao desenvolvimento do meio rural nos países em vias de desenvolvimento;
  • Apoio na análise da viabilidade técnica e financeira dos investimentos de apoio ao desenvolvimento;
  • Criação e implementação de sistemas de monitorização e avaliação do impacto de acções e projectos de apoio ao desenvolvimento.

Actualmente, a Associação tem em execução alguns projectos de desenvolvimento em consórcios com outras ONGD.

ÓRGÃOS SOCIAIS

Assembleia Geral

Presidente: Bernardo Pacheco de Carvalho (ISA)

Vice-Presidente: Fernando Boinas (FMV)

Secretário: Pedro Castro Costa

Direcção

Presidente: Luís Alfaro Cardoso (IICT)

Vice-Presidente: Albertina Lobo

Tesoureiro: André Martinho de Almeida (IICT)

Secretário: A. Eduardo Leitão (IICT)

Vogal: Sofia van Harten (IICT)

Conselho Fiscal

Presidente: Francisco Chorão da Costa (MSS)

Vogal: Lobet Silva (Mantero)

Vogal: António Barbosa (IICT)

Conselho Científico

Presidente: Francisco Avillez (ISA)

Vice-Presidente: Pedro Aguiar Pinto (ISA)